SAAE

Saae de Itabirito investe em inovação e tecnologia para aumentar a eficiência dos serviços

O Saae tem investido no desenvolvimento constante de novas tecnologias para aumentar a eficiência nos serviços , reduzir perdas, ampliar a oferta de água e reduzir custos exigem soluções criativas e inovadoras.

O Serviço de Saneamento Básico (Saae) de Itabirito tem investido no desenvolvimento constante de novas tecnologias para aumentar a eficiência nos serviços de saneamento básico. Com redes de distribuição complexas a redução de perdas, a ampliação de ofertas e a redução de custos exigem soluções criativas e inovadoras.

Partindo desse princípio, a atual diretoria do Saae criou em 2017 um Centro de Desenvolvimento Tecnológico (CDT), responsável por desenvolver desde softwares até hardwares, visando o aumento da eficiência dos serviços em saneamento.

O chefe de Setor do CDT, Marcelo Braga, conta que os projetos adotados e desenvolvidos pela área, alguns já implantados e outros ainda em fase de protótipo, vão desde aplicativos como o iSaneamento para controle de ordens de serviços; passando por um Piezômetro, cujo sensor, desenvolvido mede a altura piezométrica, sendo essa altura a profundidade da água referente ao solo; até o Datalog, um equipamento que armazena dados sobre a pressão da rede de água.

 

“O Datalog desenvolvido por aqui permite controlarmos a pressão da rede de forma mais precisa e em tempo real, identificando o comportamento, por exemplo, da vazão noturna, um indicador importante para detectar vazamentos no sistema com mais precisão”, explicou Marcelo.

A intenção do CDT é melhorar processos e acabar com a dependência de tecnologias externas que, muitas vezes, não atendem às demandas da empresa. Marcelo conta que um aparelho de Datalog para medir a pressão custa em torno de R$ 4.000,00 no mercado e o modelo criado pelo Saae saiu a R$ 300,00.

Ele conta que muitas vezes, a equipe se vale da engenhosidade, utilizando sucata para conseguir soluções adaptadas à realidade da Autarquia.

Em breve, os analistas do CDT vão instalar um display em todos os carros do Saae para que as ordens de serviços sejam todas online. Isso vai permitir mais agilidade e eficiência no trabalho de campo e uma análise bem mais detalhada na interpretação das informações, proporcionando menos gastos e um melhor serviço para a população.

 

O diretor-presidente do SAAE, Wagner Melillo, é um entusiasta e apoiador dos trabalhos do CDT que estão modernizando o saneamento básico de Itabirito e tornando a autarquia um modelo em todo o estado.

“Acreditamos que investir em tecnologia é um caminho sem volta para alcançarmos a eficiência na prestação dos serviços, na redução dos custos e principalmente na entrega de um serviço de qualidade aos nossos clientes”, finalizou Wagner.

Os analistas sistemas Marcos Maia e Mateus Marques completam a equipe do CDT do Saae de Itabirito.